quinta-feira, 5 de abril de 2012

ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL PARA PERDA DE PESO

 
Sabemos que o excesso de peso incomoda a pessoa tanto estéticamente, como fisicamente, atrapalhando a qualidade de vida no geral, o convivio social, relacionamentos, pratica de ativade física, sono, estresse, cansaço. A gordura excessiva está relacionada a muitas doenças como o diabetes, a hipertensão, as doenças cardíacas, o colesterol elevado e até mesmo ao cancêr.
Para que a perda de peso seja duradoura, eficiente e sem frustações é determinante que se faça o acompanhamento dietético junto com o nutricionista, pois só ele poderá detectar os erros alimentares existentes, deficiências nutricionais e reorganizar a rotina alimentar, reforçando a importância do conhecimento de hábitos alimentares adequados e dos nutrientes necessários para a sua saúde física, mental e emocional, desmistificando a idéia de que é necessário fazer dieta a vida inteira para manter a perda de peso.

Com estes esclarecimentos, o nutricionista tratará o excesso de peso e as doenças que são agravadas com ele, e não irá simplesmente enfatizar "qual alimento que engorda ou o que emagrece", restrições ou proibições que só irão aumentar a ansiedade, desmotivação, abandono do tratamento e por fim a frustração. O tratamento baseia-se em mudanças de atitudes e hábitos diários que influenciam na ingestão alimentar e que muitas vezes passam despercebidos, como a mastigação (o famoso “comer devagar”), a maneira de se montar o prato e as escolhas alimentares.

Com o tratamento o paciente aprenderá:
• A importância de se ter uma rotina alimentar mais saudável para o controle da ansiedade e melhora na qualidade de vida;
• Selecionar melhor seus alimentos, de acordo com leituras de rótulos; escolha entre light e diet; alimentos calóricos e pouco calóricos, dando uma maior qualidade a suas escolhas.
• Diferenciar fome de vontade de comer.
• Identificar o que é saciedade.
• Fazer trocas alimentares, tendo assim sua individualidade e independências preservadas, não ficando dependente de um cardápio ou lista de substituições de alimentos.
• Como controlar um exagero ou uma compulsão alimentar.
• Qual a melhor maneira de se chegar ao peso desejado e mante-lo.
• A Observar melhoras na qualidade de vida: humor, disposição, funcionamento do intestino, condicionamento físico e no sono.

Dessa forma o paciente conseguirá perder peso de forma saudável e duradoura, sem passar fome e privações alimentares.


Por: Hugo Comparotto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou da matéria?
Sugestões, comentários, críticas e elogios escreva aqui!

Postar um comentário