segunda-feira, 9 de abril de 2012

EXCESSO DE GORDURA



              O excesso de gordura leva a pessoa a um estado inflamatório crônico por aumentar a liberação de mediadores inflamatórios no organismo, e estes por sua vez promovem resistência à insulina e a leptina (hormônio da saciedade), deixando de enviar mensagens de saciedade ao cérebro. Com isso perde-se o controle da saciedade, tendendo a ter episódios de descontrole alimentar e fazendo escolhas por alimentos mais calóricos.

                O ômega-3 presente em grãos como a Linhaça, a Chia e peixes de água fria, combate essa inflamação, ajudando no controle do apetite. 

                Além disso, esses grãos, assim como muitos alimentos que fazem parte da nossa alimentação diária, ou seja, as frutas, verduras, legumes, feijão, soja, aveia, farelo e germen de trigo, granola, alimentos integrais, contém fibras que retardam o esvaziamento gástrico e aumentam a saciedade (redução da ingestão alimentar).

                Uma revisão de vários estudos feita em 2001, revelou que o consumo de fibras esta relacionado na prevenção de doenças como diabetes, colesterol e triglicérides elevados, obesidade, constipação e câncer de cólon. E de acordo com o pesquisador, 14g de fibra/dia por mais de 2 dias está associado a uma diminuição de 10% no consumo de energia e a uma perda de peso de 1,9 Kg após 3,8 meses (HOWARTH et al., 2001).

Saiba mais ...    

Os mecanismos de ação das fibras para auxiliar na redução de peso:


- Estímulo das secreções salivares e do suco gástrico, favorecendo a sensação da saciedade em razão da maior necessidade de mastigação das fibras.
- Redução da velocidade do esvaziamento gástrico, diminuindo a fome e prolongando a sensação de saciedade.
- Contribuição na redução do valor calórico da dieta em razão da alta capacidade das fibras solúveis em reter água (pectinas, gomas, mucilagens, psyllium).
- Diminuição da absorção de ácidos graxos e de sais biliares no intestino delgado, diminuindo assim o colesterol, principalmente o ruim e o triglicérides. 
- Aceleram a passagem dos produtos residuais do organismo, absorvem substâncias perigosas (toxinas) e mantém o tubo digestivo saudável.
(COPPINI et al., 2004, 7, CHINDA et al., 2004)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou da matéria?
Sugestões, comentários, críticas e elogios escreva aqui!